quarta-feira, 2 de novembro de 2011


Na alegria do vosso abraço...


Não sinto a falta da metade que não tenho!

22 comentários :

João Menéres disse...

Voltamos a finais de Agosto, RUTE ?

Um beijo.

Rute disse...

João

...voltamos pois...tem olho de Lince...;)

1 beijo e o desejo de uma noite descansada

Clarice disse...

que saudades!:)

beijo grande!

rouxinol de Bernardim disse...

Lindas fotos... parabéns!

ZEKARLOS disse...

Grande mensagem. Bjs

Helder Ferreira disse...

Simples e bonito.. como sempre. ;-)

Cla Leal disse...

Que linda declaração, e muito bem ilustrada!!! Adorei!!

Rute disse...

clarice

Havemos de lá voltar;)

1 beijinho:)

Rute disse...

rouxinol de Bernardim

Obrigada pela visita e pelas palavras:))

Rute disse...

ZEKARLOS

Obrigada...:))

1 beijinho

Rute disse...

Cla

...ainda bem que gostaste...:))

1 beijinho grande

Rute disse...

Helder

...és muito gentil...muito obrigada...:))

1 beijo:)

Existe um Olhar disse...

Não nos podemos contentar com metades a vida deve ser vivida por inteiro. Gostei de espreitar o verde por entre os balaustres.
Beijos
Manu

IRIS disse...

pois não. até porque os abraços tomam a forma exata da parte que (nos) falta ;-)

abraço :-)

teca disse...

Gostei!!!!

Beijos.

Rute disse...

Manu

A metade a que me referia aqui era literal...referia-me àquele balaústre que perdeu metade do 'corpo' ...
concordo plenamente contigo, a vida deve ser vivida por inteiro, sempre que possível.

1 beijo:)

Rute disse...

IRIS

" Os abraços tomam a forma exata da parte que (nos) falta"... Isso que disseste é uma coisa extraordinária de tão verdadeira que é!!!! Nunca me tinha ocorrido.....

1 beijinho:)

Rute disse...

teca

:))))

Volta sempre

1 beijinho:)

Remus disse...

Não sei se acredito.
Todas as nossas metades, sejam elas quais forem, são sempre importantes.
Mas é claro que na ausência delas, a vida segue em frente.

Que comentário filosófico... ;-)

mfc disse...

Que palavras tão lindas!

Rute disse...

Remus

...aqui vai também uma resposta filosófica...é claro que todos os nossos 'cantinhos' são importantes, mas se nos virmos privados de algum deles, o apoio daqueles que nos rodeiam ajuda a relativizar essa perda. Aliás, tudo na vida é relativo...

1 beijinho:)

Rute disse...

mfc

Obrigada:))

1 beijo:)