segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

18 anos



No dia 5 deste mês, a filha caçula fez 18 anos!!!

E agora? Tenho três filhas maiores de idade a voarem a uma velocidade de se ficar com a cabeça a andar à roda... é um instante, são breves momentos... tenho tantas vezes saudades de quando eram ainda todas pequenas, tantas saudades! E os meus sobrinhos? Não é que também andam por aí a voar?! ... Agora só nos vemos de vez em quando, uns mais outros menos. Mas também há uma parte boa nisto tudo, os encontros são menos frequentes mas quando acontecem os sentimentos são mais fortes, com abraços mais apertados e olhos mais sorridentes e brilhantes. 
Sinto que todas as idades nos trazem coisas boas, perdemos algumas delas, ganhamos outras. Só precisamos estar atentos e viver cada dia como se fosse o último, só precisamos de não nos destrair à passagem do tempo porque ela é implacável e se não lhe prestamos atenção quando olhamos à nossa volta... não criámos alicerces, raizes, não criámos nada consistente que dê sentido à vida que vivemos. Somos todos diferentes, queremos da vida coisas diferentes mas eu acredito que todos nós, sem excepção queremos e precisamos de gostar e ser gostados, de amar e ser amados...

Parabéns Ritinha :)

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018




               Da primeira vez eras compasso de música

               e eu incrédula, no espanto de quem vê a brisa 

               assobiar quente ao meu ouvido

               em jeito de sol maior.

               Sim, da primeira vez ludibriaste os meus sentidos

               Com esse teu assobio baixinho, musical

               de brisa ondulante e terna.

               Mas depois  virias a erguer a tua cabeça

               e a olhar fixamente o meu infinito

               enquanto  eu olhava o teu

               e ambos compactuamos com a eternidade

               e o sangue ferveu-nos nas veias sem eu saber

               e ainda assim fui crédula e trouxe-te comigo

               e tu tocaste vagarosamente

               com as tuas mãos no meu rosto

               e de seguida procuraste guarida no meu peito

               e a brisa voltou como da primeira vez, ondulante

               a ludibriar-nos novamento os sentidos

               a conjurar para que não voltassemos

               a fazer o caminho para trás


segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Casamento da Maria Gabriela


E não é que a primeira sobrinha já se casou?!! Como não hei-de eu estar velha... 
Foi um grande acontecimento visto que dos 21 primos foi a 1ª a aventuar-se, 1ª filha, 1ª neta, 1ª sobrinha, 1ª prima, 1ª irmã... Até teve direito à vinda de duas primas que estão a trabalhar fora do país.
Só posso desejar-lhes que sejam felizes, que sejam amigos e companheiros em todos os momentos, não esquecendo que os menos bons também fazem parte da vida.

P.S - Aquele barbudo ao lado da Maria é o seu pai, meu irmão Miguel

P.S 2 - Agora já percebo porque é que quando me casei as minhas queridas tias e afins fungavam e assoavam-se constantemente...















domingo, 2 de dezembro de 2018

Catarina



A Catarina é uma Modelo profissional que eu tive a sorte de poder conhecer e fotografar, na Escola " Oficina da Imagem". De início senti-me pouco à vontade pois nunca tinha feito este tipo de fotografia. Mas depois do 1º impacto até me esqueci que estava a fotografar um corpo nú e foi muito enriquecedor. 
Desde 2017 até agora a Catarina cresceu imenso como modelo, tem sido muito solicitada além fronteiras e está a viver fora do nosso país.


terça-feira, 27 de novembro de 2018

"Tu és o amor"...





Tu és o amor

tu és o ardor

nos olhos alucinados

das noites mal dormidas

tu és a minha inspiração e expiração

tu és todo o sangue vivo

que o meu corpo alberga

deambulando ao acaso

entre artérias e veias

sem quaisquer assombramentos.

Tu és o amor

tu és a própria vida

no olhar de uma criança absorta

num céu azul traçado de branco

pelo rasto de aviões


segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Sessão fotográfica II





Deixo aqui mais duas fotografias da Sessão fotográfica que fiz com a Ritinha.
Deixem-me as vossas críticas e as vossas sugestões serão também muito bem vindas :)


sábado, 20 de outubro de 2018

Sessão fotográfica - Retrato 1




OLHO PRETO!

Diz-se por aí que não existem olhos pretos, na verdade nunca investiguei sobre a veracidade desta afirmação, mas a Ritinha tem uns olhos cor de ébano... são os olhos pretos mais pretos que eu vi até hoje


quarta-feira, 10 de outubro de 2018

A vida no campo...


Deixo aqui uma pequena reportagem fotográfica de fragmentos da vida no campo, mais concretamente no Mte de S.Lucas. 
O tio Miguel estava a precisar de ajuda para carregar o Jeep com as casotas onde as porcas iriam parir e alimentar os seus leitões e,  distribuí-las rua acima. Digo-vos que é um peso brutal, daí o filho, os sobrinhos e amigos se terem disponibilizado num fim-de-semana para ir ajudar.
Depois das casotas colocadas nos seus lugares, foi preciso devolver os leitões às respectivas mães...e não é que eles sabiam de quem eram filhos e se dirigiam para junto das progenitoras?! Achei delicioso! Temos muito que aprender com os animais!
Alguns andavam a fugir de um lado para o outro e não foi fácil apanhá-los...mas foi muito divertido :)


 Miguel pai e Miguel filho


Toca a carregar o Jeep ...


Coragem...já só faltam 10...


 Toca a subir a rua para descarregar...


 Os primos Miguel e Michael ...


 Momento de relax...é que enquanto o pau vai e não vem, folgam as costas!


Corre, corre, corre...


 Olhem, consegui!... :)


Enquanto uns sobem para descarregar, outros vão tentar enxotar os leitões para junto das mães. E outros ainda, ficam à sombra de uma árvore a tirar fotografias...;)


terça-feira, 9 de outubro de 2018




Horinha Mágica num local igualmente mágico, onde o silêncio é rei, onde a terra do chão é fina e quente e onde é delicioso andar de pé descalço. Não há nada que pague este sossego, esta paz de espírito e tranquilidade
Humanos e animais co-existem pacificamente

P.S- A casa está a precisar de ser caida...fica para uma outra vez :)

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Família



Missão cumprida - Transmitir às minhas filhas o amor, o carinho, o respeito pelas pessoas, pelos animais e por todos os seres vivos. Cada qual no seu lugar mas a um bom trato todos têm direito.

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Admirável mundo...





Olho as minhas mãos secas

vazias de sentidos e de vontades

já os meus olhos não querem

as areias escaldantes do deserto

e, marejados de água tépida,

suplicam e imploram

pelas brumas que humedecem

e refrescam a pele do corpo que se eleva
 
até ao admirável mundo dos sentidos





sábado, 28 de julho de 2018

" Coroa de Espinhos "




Coroa de espinhos

tão finos e acutilantes

parecendo guardar

e ao mesmo tempo magoar

espinhos que me enchem

os olhos de lágrimas

e eu sei lá porquê!...


quarta-feira, 27 de junho de 2018




                                 Não foste tu que inventaste a noite

                                      mas foste tu que inventaste

                                        as tonalidades do ocaso

                                     e mas trouxeste em silêncio

                                    estendendo-me as tuas mãos
 
                                            numa dádiva plena
 
                                          de infinito e eternidade.

                                  Não foste tu que inventaste o mar

                          mas foste tu que levaste no teu olhar o meu

                                     até às brumas e à espuma
 
                          imaculadamente branca que brilhava na noite
 
                                  e que nunca mais voltei a ver.

                              Foste tu que inventaste os abraços

                            o riso os odores picantes, a serenidade
                                
                                  e a agitação, a paz e as saudades

                                  foste tu que inventaste o amor

                                  porque no inicio era só o Verbo...



domingo, 15 de abril de 2018

terça-feira, 20 de março de 2018

Pai(s)


DIA DO PAI


Este é o meu pai, com a sua neta mais crescida (Que por acaso é minha filha) 
Falar do meu pai sempre foi difícil para mim...por isso servi-me aqui desta sua fotografia com a neta que já diz muito das coisas às quais dá mais importância...a família
O meu pai é a melhor pessoa que conheci até hoje. É generoso, honesto, competente em tudo o que faz, humilde, bem disposto, tem um enorme sentido de humor e está sempre disponível, não só para os filhos e netos, mas também para os seus amigos, amigos dos filhos...em "casa" do meu pai toda a gente é recebida com alegria e boa disposição. Enfim...É o meu (único) herói
1 grande beijinho, papá



Ao pai das minhas filhas quero dar os parabéns e agradecer-lhe por estar sempre cá para elas, quando precisam, desde que nasceram. 
Inês, Sofia e Rita 💙💙