terça-feira, 9 de janeiro de 2018

O milagre de dar vida!...


O milagre de dar vida é sem dúvida o milagre dos milagres! 
O desenvolvimento dentro do meu corpo de uma potencial pessoa é sem dúvida algo de extraordinário, maravilhoso, único... 
Na altura era muito nova, tive duas filhas com dois anos de intervalo e o cansaço era muito e a experiência pouca e por isso estas questões existenciais só viriam a ocupar a minha mente muitos anos mais tarde, já depois de ter a terceira filha crescidinha. 
"Assistir" ao nascimento, crescimento e amadurecimento de um filho é uma aventura inigualável! Ver a transformação de uma coisinha minúscula e completamente dependente de nós numa amostra, num projecto de gente que rapidamente deixa de ser projecto e passa a ser efectivamente 'gente' tem tanto de belo como de misterioso...como é possível?? "Do nada" emergem com consciência, com aptidões com particularidades, qualidades e defeitos e...vão-se afastando do colo que as alimentou, que as mimou que lhes deu a vida! E tornam-se também eles potenciais "criadoras de gente".
Não foi fácil criar três filhas! Foi duro, foi cansativo porque educar dá muito trabalho...muito mais do que alimentar, vestir e levar à escola. Educar exige muito mais de nós, exige paciência, firmeza, perseverança, dedicação...e muitas vezes lágrimas de cansaço, de exaustão porque achamos que afinal falhamos e não fomos boas mães!
Inexoravelmente os anos passam e dou comigo a olhar para elas com admiração e a  questionar-me se estas pessoas são as mesmas que passaram os primeiros meses da sua existência dentro de mim! Se são as mesmas que tantas vezes me deixaram esgotada, desgrenhada, zangada, desesperada... E não é que são?!! 
É tão bom poder dizer que valeu a pena, que se tornaram pessoas autónomas, responsáveis, pessoas que não olham somente para o seu umbigo mas que são atentas àquele que está ao seu lado. Pessoas que têm a capacidade de sentir que o melhor do mundo são as pessoas e os afectos que trocam entre si.

P.S- Esta minha reflexão pode levar-vos a pensar que já sou uma pessoa bastante  idosa, mas ainda não...as minhas filhas mais velhas são duas jovens adultas (23 e 25) e a mais nova ainda é uma adolescente com 17 aninhos acabados de fazer...;)

domingo, 31 de dezembro de 2017

Isto é o Natal...



O Senhor meu pai, com a sua esposa minha madrasta e com os seus 11 netos
Foi uma grande felicidade conseguir juntá-los todos neste Natal. O tempo voa e os miúdos crescem demasiado rápido! Ainda ontem andavam todos na Escola Primária...
E agora já temos uma menina que emigrou e os outros quase todos são alunos universitários, já só temos duas meninas no Secundário... alguns trabalham, outros trabalham e estudam, outros tocam e cantam e por último temos o nosso benjamim Vasquinho que no próximo ano já vai para o 1º ano!!!

Concluindo e resumindo. o tempo não nos dá tréguas! Temos que viver intensamente cada dia, pois não sabemos quantos mais teremos.

Desejo a todos um Excelente 2018, com muita saúde, paz e boa disposição

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Sessão Fotográfica


 " Conta-me tudo"...


 " Como eu te entendo" ...!


" Dá-me um abraço grande"...


"Amigas para sempre?! - Para sempre"...


terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Sei...



Sei que só te encontro onde os pássaros descansam de noite...


domingo, 19 de novembro de 2017



E com esta fotografia termina o desafio que a Elisa Fardilha me propôs de publicar sete fotografias a P&B sem legenda.
Não deixando legenda, deixo uma pequena informação. Na fotografia de cima está a minha mãe, na debaixo estou eu. Temos aqui sensivelmente a mesma idade, 25, 26 anos. (foi precisamente há 25 anos que perdi a minha mãe).
Esta fotografia é muito especial para mim...

sábado, 18 de novembro de 2017



6ª fotografia do desafio que a Elisa Fardilha me lançou de publicar sete fotografias a p&b durante sete dias, sem legenda

sexta-feira, 17 de novembro de 2017



Sete dias, sete fotografias a P&B, sem legenda. Foi este o desafio que me lançou a nossa amiga Luísa Fardilha. Aqui fica a 5ª foto :)

quinta-feira, 16 de novembro de 2017


Aqui fica a minha 4ª fotografia para dar continuidade ao desafio lançado pela nossa amiga Elisa Fardilha : Sete dias, sete fotografias a P&B, sem legenda :)

quarta-feira, 15 de novembro de 2017



E aqui estou eu no meu 3º dia para continuar com o desafio proposto pela Elisa Fardilha : Fotografar durante sete dias, sete fotografias a P&B e sem legenda :)

terça-feira, 14 de novembro de 2017



Sete dias, sete fotografias a P&B, sem pessoas e sem legendas. Um desafio proposto pela Elisa Fardilhas (no FB) o qual aceitei com muito prazer :)

domingo, 12 de novembro de 2017


A nossa amiga ELISA FARDILHA lançou-me o desafio ( No FB ) de publicar durante sete dias, sete fotografias a Preto e Branco (P&B), sem qualquer legenda. Aceitei o desafio e resolvi postar aqui neste meu cantinho essas mesmas fotografias. Sete dias, sete fotografias :)

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Rir é o melhor remédio...:)





Estava a pensar em publicar alguma coisa para começar o mês de Novembro. E como rir é o melhor remédio para 90% das situações (estatística da minha total responsabilidade), deixo aqui duas fotografias da Ritinha que ilustram bem o que quero transmitir.
Desejo a todos um excelente mês de Novembro e se possível com muitos sorrisos e muita chuvinha! 


terça-feira, 24 de outubro de 2017

Voar mesmo sem asas...



E quem foi que disse que só os pássaros podem voar? Está aqui, uma prova provada de que nós humanos também sabemos voar...voar assim, literalmente ou voar para longe, sem sair do mesmo sítio...e cada um, voa à sua maneira e para onde quer!

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Catarina


A Catarina é Modelo e é gira que se farta. Aquele cabelo cor de fogo e aquelas sardas são uma combinação bombástica :)

sábado, 14 de outubro de 2017