domingo, 11 de setembro de 2011


No silêncio que nos envolve
perscruto o teu olhar
e porque me pedes
sem nada dizer
 guardo no meu corpo
 o sabor e o brilho
 do mar...


13 comentários :

mfc disse...

Guardar o que nos pode lembrar a ausência.. e preenchê-la!

Clarice disse...

Guardar é sempre revelação... do nosso olhar...

O meu pensamento viaja disse...

Construção muito rica, cheia de pistas, caminhos abertos para o voo da imaginação.
Gostei.
Vou ser seguidora.
Convido-te a que me visites.
Nina

IRIS disse...

coisa imensa que só no corpo tem lugar... :-)

agradecida pela visita, um prazer

Rute disse...

mfc

...esse pensamento tem muito que se lhe diga...sei que vou ficar a pensar nele...Obrigada por isso:)

1 beijo

Clarice

...o olhar é um veiculo privilegiado da transmissão de sentimentos...

1 beijinho:)

Nina

Obrigada pelas tuas palavras:))


Iris

É um prazer muito grande ter-te aqui! Tenho uma sincera admiração pelas tuas fotos e principalmente, por aquilo que escreves...a tua escrita é sempre surpreendentemente...profunda, diferente e...vale mesmo a pena...pronto, no fundo era isto que te queria dizer há muito tempo:))

1 beijo:)

Remus disse...

Tem aqui uma fotografia de contraluz/silhuetas bem conseguida.

Além do mais, adorei o pormenor da enorme dentada feita no pavimento. Talvez um enorme gigante, tenha sentido fome... :-P

teca disse...

Ah... que encanto entre os "cantos"... um mar imenso de amor e desejo...
Beijo especial!

Cla Leal disse...

Lindo, Rute... é realmente uma delícia passar por aqui!
beijo

Rute disse...

Remus

...aquela dentada aconteceu porque o gigante queria afastar rapidamente tudo que o impededisse de chegar ao mar...;)

1 beijo:)

Rute disse...

teca

Muito obrigada:)) As tuas palavras são sempre muito amáveis

1 beijinho grande

Rute disse...

CLA

Obrigada pelas palavras...

* Continuo sem conseguir comentar no teu blogue, mas todos os dias passo por lá porque é um sitio que não dispenso...

1 bijinho grande:)

Helder Ferreira disse...

E a que sabe esse mar? :)

Rute disse...

Helder

...pois...lá está...cada qual tem um paladar muito próprio...;)

1 beijo:))