sábado, 18 de outubro de 2014

Perdidamente...



                                            Não sei quem és, não sei há quanto tempo conheço o teu cheiro

                                            mesmo quando estás perdidamente longe.

                                            Não sei os caminhos que teria percorrido

                                            se me tivesse aquietado, ficasse e deixasse

                                            passar ao largo as brisas estivais que apaziguariam 

                                            a minha dor de espanto e medo. não sei quem sou

                                            nesta tormenta do corpo entre a ternura e a mágoa 

                                            entre o carinho e o gelo que tantas vez me abraça.

                                            Só deixo que adormeça debaixo da minha pele aquele

                                            tal cheiro que sinto mesmo quando estás perdidamente longe...



12 comentários :

Rui - Olhar d'Ouro disse...

Linda foto Rute!
Bom fim de semana!

Ana Freire disse...

Eu cá fico sempre perdidamente encantada, por aqui, quando vejo estas imagens maravilhosas, conjugadas com estas palavras que nos provocam um arrepio de emoções, pela alma acima...
Isto não se faz... Aliás nem sei como é que se faz... mas a dona Rute faz na perfeição...
Um post brutal!
Beijinhos. Bom fim de semana.
Ana

João Menéres disse...

Poema muito forte, Rute !
Gostei imenso.


Desejo que tenhas um bom Domingo.

Um beijo.

Remus disse...

Só para ver se estou a perceber, com estas palavras e fotografia, a Rute está a falar da cerveja. Certo?
:-D

Bonito efeito "suado" e com umas tonalidades quentes e muito bonitas.

Manu disse...

Uma foto que mais parece uma pintura abstracta acompanhada com as palavras que são sempre de encantar. Qualquer dia devia editar um livro de poemas:

Beijinhos Rute

mariiana capela fotografia disse...

deixa-me curiosa, esta fotografia. Gostei! beijinhos :)

Rute disse...

Rui

Obrigada e uma boa semana para ti.

1 beijo

Rute disse...

Ana

As tuas palavras deixam-me sem palavras...muito grata...

Beijinhos e uma boa semana:

Rute disse...

João

Muitíssimo obrigada!

Tenha uma boa semana

Beijinhos

Rute disse...

Remus

O cheiro da cerveja, ahahahahhahah, como queiras, cada um pode levar daqui o cheiro que mais lhe aprouver;)

Ainda bem que gostaste:))

1 beijo

Rute disse...

mariiana

Vou revelar-te o meu segredo: um jarro de sangria;)

Beijinhos e continuação de belíssimas fotografias. agora com a tua 'menina' nova é que vai ser...vou ficar à espera.

Rute disse...

Manu

Como não tens uma carinha ou um simbolo qualquer a identificar-te aqui nos comentários, ias-me passando despercebida e isso não pode ser!

'Editar um livro de poemas'...isso é música para os meus ouvidos. acho que não chego lá... mas muito obrigada, fiquei toda babada:))

Beijinhos