sexta-feira, 21 de junho de 2013

Vermelho é sempre paixão...


Já percorri todo este caminho que leva até às papoilas, as mais efémeras e mais belas flores que os meus olhos algumas vez conheceram. Bailam devagarinho, cheias de sensualidade e não querem saber da sua morada simples nem da maneira imprevisível com que o vento lhes leva as pétalas rubras, acesas e apaixonadas...sim, porque vermelho é sempre paixão, paixão duradoura ou de uma só revoada, assim vêm os meus olhos assim  sente o meu coração...


Aqui está uma paixão minha para toda a vida...

17 comentários :

Lacorrilha disse...

Sou louca por papoilas, lembro-me de ser pequenina e adorar ver a quinta da minha avó repleta delas.
Vermelho é a minha cor favorita. É também a cor do flamenco. Olé!
Beijinhos

Rute disse...

Lacorrilha

Nós temos tantas coisa em comum que às vezes até fico pasmada...tens muito bom gosto, sim senhora...és cá das minhas;)

Beijinhos

João Menéres disse...

Gostei muito do texto, RUTE !
Muito poético ( tu nisso és águia ! ).
E as fotos estão a condizer. Fazem parte da poesia das palavras.

Um beijo.

Clarice disse...

O lugar onde as papoilas vivem... é a sua fragilidade que me encanta!

Questiuncas disse...

Não sei porquê, mas associo as papoilas a algo frágil, delicado, que se tem de cuidar com muito cuidado e carinho.

Rute disse...

João

Muito obrigada...assim fico vaidosa...;)

1 beijinho e 1 bom fim-de-semana

Rute disse...

Clarice

São frágeis mas são tão bonitas, tão especiais! Adoro papoilas, 'prontos'...

bjinhos

Rute disse...

Questiuncas

Eu também acho isso, mas ao mesmo tempo têm uma força escondida!...deve ser da cor, o vermelho é uma cor cheia de poder (no bom sentido, claro). Para mim as papoilas são umas sobreviventes.

1 beijo e 1 bom fim-de-semana

Existe Sempre Um Lugar disse...

Parabéns pelo belo registo exímio na beleza e qualidade.

ag

Rute disse...

Existe sempre um lugar

Muito obrigada pela visita e pelas suas palavras:)
volte sempre

Manu disse...

O vermelho das papoilas seduz-me, dão um colorido aos campos que encantam qualquer olhar, esta é uma bela marca dessa sedução que tu tão bem soubeste captar.

Beijos Rute

Kaipiroska disse...

Uma flor bonita e delicada que não se vê muito por cá. Bonitas palavras dedicadas a esta frágil e pequena flor :)

Rute disse...

Kaipi

Vocês aí já têm tantas coisas maravilhosas que eu nunca vi cá no Continente que alguma coisa tinha que ficar para nós...ficámos a bela e frágil papoila;)

1 beijinho

Rute disse...

Manu

Concordo contigo, as papoilas salpicam os campos de uma forma encantadora.

Obrigada pelas tuas palavras:)

Beijinhos

teca disse...

Paixão minha também... enfim conheci de perto!

Beijos.

Remus disse...

Fiquei completamente rendido à segunda fotografia.
A papoila focada, com aquelas ervitas a balançar e algo desfocadas.
Acho que está LINDA!

Só para tirar uma fotografia assim, já valeu percorrer o caminho.

Marina Linhares disse...

Uma pintura sua foto. Vermelho é a cor da paixão... e vermelho na foto é o que tem de mais marcante.