sexta-feira, 5 de outubro de 2012

O Pepe e a Marta



O Pepe estava muito doente e naquele Sábado os donos reuniram os seus amigos ao jantar para que pudessem vê-lo e estar com ele, muito provavelmente pela última vez. O encontro aos sábados à noite é usual entre nós, já o motivo, nem tanto! Havia um misto de alegria e de tristeza...por um lado por estarmos uma vez mais todos juntos, por outro porque o Pepe  faz parte da família há já onze anos e era doloroso vê-lo assim, quase a partir...No entanto, gradualmente acabou por se instalar dentro de mim um estranho e inesperado sentimento de serenidade e paz porque desenrolou-se ali um fenómeno comovente e enternecedor...à vez, todos iam passando pela sitio onde o cão estava deitado e cobriam-no de mimos. 
A Marta, em particular, sentou-se várias vezes no chão ao seu lado e por longos períodos de tempo encheu-o de festinhas e de abraços demorados. Foi um desses momentos que registei porque me tocou profundamente...mais palavras para quê? O olhar que trocam e a cumplicidade entre ambos são por demais evidentes e falam por si.


Nota:  Para grande espanto e alegria de toda a família, o Pepe começou a melhorar e a recuperar as capacidades que havia perdido. Continua entre nós, com as limitações da velhice e da doença, mas acompanha os outros cães da família e parece-nos muito feliz da vida...:)  


22 comentários :

Marina Linhares disse...

Olha Rute, esse seu post me desmoronou... chorei muito ao ler...
Segunda-feira, dia 1, aniversário da minha cadela RUBIA, que completou 16 anos nesse dia, tive que correr para a clínica veterinária com ela... de repente aqui em casa, ela deu vários gritos e desmaiou... só que não era um desmaio como pensei, ela havia entrado em coma... ao chegar na clínica todos os procedimentos foram feitos rapidamente e resumindo tudo, ela saiu do coma e está só no soro e medicamentos... só falta se alimentar, coisa que não está fazendo.... hoje no final do dia fui lá e consegui que ela comesse um biscoito e o que mais me emocionou, foi que apesar da catarata, ela pelo cheiro me reconheceu e pediu carinho...fiquei por um bom tempo acariciando aquele corpinho cansado...
Sei bem o que você quis dizer com suas palavras... só quem tem amor pelos peludos sabe...
Linda foto, Rute. Guarde-a com muito carinho.
Desculpa o meu desabafo, mas realmente me transportei para o seu post.
Bjs.

Remus disse...

Uma fotografia de uma ternura e amor que não precisa de mais palavras.
Belo momento e bela história, principalmente porque teve um momento feliz.

Fábio Martins disse...

Os animais merecem todo o carinho que alguma vez podemos dar. Não são humanos mas têm compaixão pelos seus donos e nunca os abandonam, é o mínimo que podemos fazer por eles.

Fico contente que tenha recuperado, gosto muito dessa raça de cães. São super ternurentos e nada agressivos.

A foto vale por mil palavras.
Belo registo do amor que existe entre a menina e o cão

Sandra Rocha disse...

Ai amiga até me deu um nó ao ler adoro animais e é sempre triste vê-los partir mas felizmente que não partiu e sabes porquê? Pelo carinho ele quis ficar para receber muitos mais :)

Beijinhos

João Menéres disse...

Ao olhar para a fotografia, não me pareceu que estivesse moribundo.
Triste, rstava o vosso Pepe.
Mas, a MARTA soube transmitir-lhe o ânimo que lhe estava faltando.

Como sempre, Rute, muito bem escrito !

Um beijo ( e que as melhoras sejam duradouras ).

sónia silva disse...

Mas tu queres matar-me do coração???

Silvina Soave disse...

Una imagen muy dulce y emotiva.Me alegro sinceramente que Pepe haya mejorado.Un abrazo.

teca disse...

O amor faz milagres...

Bonita e emotiva postagem... carinhos para o Pepe.

Bom fim de semana.
Beijo carinhoso.

Sérgio Pontes disse...

A família é e devia ser sempre assim, acompanharmos-nos sempre uns aos outros, especialmente os de 4 patas

Rute disse...

Marina

Como eu entendo a tua angústia...os nossos animais fazem parte da família e se eles sofrem, nós tb sofremos. Espero que a Rubia tenha conseguido recuperar, mas quando a idade já é avançada...mas podemos sempre enche-los de carinho e mimo, não é?...aqui nesta minha casinha podes sempre desabafar...:)

Obrigada por teres partilhado aqui comigo esse pedacinho da tua vida.

1 beijinho grande e as melhoras da bichinha:)

Rute disse...

Remus

É verdade:)) ainda ontem fui a casa do Pepe e lá veio ele ter comigo a coxear, mas a ladrar e a abanar o rabo.

* Obrigada:))

1 beijinho

Rute disse...

Fábio

Concordo contigo,os animais são mais amigos e meigos que muita 'boa' gente que anda por aí...

* Obrigada pelas tuas palavras:)

1 beijo

Rute disse...

Sandra

é isso mesmo...o carinho e amor fazem verdadeiros milagres:))

1 beijinho

Rute disse...

João

Não parecia, mas estava...já não andava, não comia, não bebia. Teve um AVC e na altura punha-se a hipótese de ter cancro no cérebro. Fez uma TAC no dis seguinte e se se confirmasse o diagnóstico de temor já não o iam acordar da anestesia...felizmente que não foi o caso e nem pode calcular a alegria dos donos, meus cunhados e sobrinhos e do resto da família alargada:)

1 beijo

Rute disse...

Sónia

Claro que não quero, fazes cá muita falta...sei como gostas de cães...és cá das minhas;)

1 beijinho

Rute disse...

Silvina

Muito obrigada pela tua visita e pelas tuas palavras:))

Volta sempre

Rute disse...

teca

...eu só acredito nesse tipo de milagres...o do amor!

* Obrigada pelas palavras e pela visita

1 beijinho grande:)

Rute disse...

Sérgio

É ...concordo contigo, mas infelizmente há muita gente que não entende o amor que podemos sentir pelos nossos animais...quem perde são eles!

* Obrigada:)

1 beijo

Lacorrilha disse...

Caramba, já me puseste a chorar baba e ranho. Alguém disse e com razão, «o amor faz milagres».

Rute disse...

Lacorrilha

Já vi que sem intenção, deixei algumas pessoas a chorar...isso só significa que vocês têm um coração do tamanho do mundo...:)

1 beijinho

Marina Linhares disse...

Rute, obrigada pelas palavras de carinho.
Rubia está em casa, graças a Deus. Está com uma pequena sequela, o médico disse que pode vir a passar, só o tempo dirá. Está se alimentando, tomando os medicamentos e tendo vida normal.
Bjs.

Rute disse...

Marina

Não há nada para agradecer, o carinho é sincero...e fico feliz com as melhoras da tua Rubia...lá está, o amor move montanhas e faz milagres...:)

1 beijinho grande