sábado, 27 de outubro de 2012

Miragem...




Nada sabes dizer-me desta intensidade que me atordoa o peito

mas ficas em mim como um razar de pássaro nas curvas da lua 

falas-me do amor com a sombra dos dedos em tons de céu azul...



13 comentários :

João Menéres disse...

Fiquei sem palavras, RUTE !...

Felicito-te vivamente .

Um beijo.

Marina Linhares disse...

Maravilhoso post, Rute.
Você em um pedacinho de tela, consegue colocar e dizer tudo delicadamente.
Beijo.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Fantástica foto, estou impressionado!
Bom fim de semana!

Fábio Martins disse...

Será a gaivota da lua? :-)
Momento muiiiito oportuno. Boa Lis *

Existe um Olhar disse...

Uma foto que me deixou boquiaberta em que as tuas palavras, como sempre, se ajustam com aquela sensibilidade poética que te é inerente.

Beijinhos Rute

sónia silva disse...

que bonito Rute!
:)

L.Reis disse...

E assim se prova que a nitidez não é importante...adorei este teu mundo diluído a contar histórias de asas e de Lua em palavras tuas.
Belo, belo, belo!

IRIS disse...

Rute! deixaste-me ko... e assim se recuperam todos os sentidos que tínhamos perdidos e se revelam todos os que não sabíamos. é assim aquela coisa da essência das coisas :-).
MARAVILHOSA, a fotografia e as palavras.
um grande beijo e um grande abraço

Clarice disse...

A lua já por si é... e com asas torna-se...
Nunca tinha visto uma coisas destas, nunca!:)
beijinho Luar:)

Cristina Ferreira disse...

Lindo demais o que você escreve.

Beijos

Lacorrilha disse...

«razar de pássaro nas curvas da lua», literalmente. Adorei!

Remus disse...

E é assim que se cria arte fotográfica.
Não sei se a fotografia foi pensada para ficar exactamente assim, ou se foi "sorte" e calhou. Mas o que realmente interessa é que funcionou.

A Rute já é uma verdadeira artista. Já não precisa que lhe ensine nada. Vou ter que arranjar outra aprendiz.
:-P

Rute disse...

Agradeço A TODOS as palavras que aqui me deixaram. os vossos comentários incentivam-me a continuar...


REMUS

Esta fotografia não foi um acaso, foi pensada...estava eu a olhar para a lua, ainda a noite não havia caído, quando de repente comecei a ver uma gaivota a fazer desenhos sobre ela e à sua roda. foi quando me lembrei que podia conseguir uma boa fotografia se tivesse paciência ...e assim foi, fiquei ali até a gaivota fazer o voo que eu queria. o único problema foi o da focagem...e depois a minha teleobjectiva também não alcança distancias muito grandes e aquela lua estava bastante longe!
no entanto acabei por gostar do resultado final;))

* Nem penses em deixar de me dar aulas de fotografia!!!


1 beijinho e abraços para todos