sábado, 7 de setembro de 2013

Depois...




Depois do fim, quando já não existir pedra sobre pedra

eu estarei aqui, quase imperceptível, indelével...

8 comentários :

teca disse...

Delicada sensação...

Beijos.

Clarice disse...

Depois do fim, ou antes do princípio... dependendo do estado da alma... que DEVE (mesmo) depender de nós!

beijo

Remus disse...

A Rute já anda a perder penas?
Olhe que nunca vi um anjo depenado. Até nem sei se tal coisa existe.
:-)

A Rute estará sempre aqui. E se por acaso quando não estiver, cá estarei para tirar satisfações.
:-)

Questiuncas disse...

Eu estou cá, quase sempre, com pena ou sem pena.

Kaipiroska disse...

"indelével" é a palavra certa :)
1beijinho Rute

Manu disse...

Quase, mas não de todo, porque com uma foto destas é impossível ficar imperceptível

Beijos Rute

fragmentos disse...

No fim de tudo serás sempre o primeiro anjo da terra...


Chico

Rute disse...

TECA

Obrigada pela visita e pelas palavras:)

CLARICE

Concordo contigo:)

REMUS

Não me vou esquecer das tuas palavras;)

QUESTIUNCAS

Conto com isso:)

KAIPI

Tb me pareceu bem:))

MANU

Será?...;)

CHICO

Será que sou mesmo um anjo?...às vezes sou um autêntico diabinho;)

BEIJINHOS E ABRAÇOS PARA TODOS