quarta-feira, 15 de agosto de 2012

O sentimento da Liberdade



   
 Os grandes momentos de liberdade  acontecem quase sempre dentro de mim

 surgem como uma explosão interior, intocável e imensamente reparadora.

 Do lado de fora fica então aquilo que somente eu sei...

Tenho o mar nas minhas mãos...



17 comentários :

Remus disse...

Oh valha-me São Brás da Carapateira... São estas as figuras que vocês andam a fazer nas férias?
Sinceramente... Sujeita a virar a tripa ou a provocar um afogamento de neurónios.
:-)

Momento muito bem disposto. A próxima é a Rute. :-P

Rute disse...

Remus

...e esse tal de São Brás existe mesmo?!...

Sabes que não há melhor altura do que as férias para fazer figuras que habitualmente não se fazem;))

* Estava à espera que me dissesses que devia ter deixado um pouco mais de mãos à miúda e que o ângulo das pernas não está perfeito...

1 beijinho:)

Fábio Martins disse...

Não diz o Remus mas digo eu Rute.
Podias ter-te afastado um pouquinho mais para dar mais espaço nas mãos e mais de horizonte. Quanto às pernas não estarem no ângulo certo, isso certamente era coisa muito difícil de ser feito.

Dito isto tudo, ficou quase perfeita menina Rute :)

Rute disse...

Fábio

Pois...eu sei disso, mas a levava uma lente que não era a mais adequada para o efeito. Ainda assim gosto dela;)

1 beijo

teca disse...

Putz! Adorei! Foto e palavras que se completam...

Beijo carinhoso.

Rute disse...

Obrigada TECA, pela sua visita e pelas palavras

1 beijinho grande

Remus disse...

Não disse, porque não achei que fosse importante. :-)

Reparei que a linha do horizonte está direita.
Em relação a "mais margem" junto às mãos era uma boa opção (bastava recuar um passo). Contudo, a fotografia tal como está também resulta bem. Como está retratado um momento tão fora do comum, o pormenor das mãos não é evidenciado já que toda a nossa atenção (não existe forma de negar) vai para a zona das pernas e virilhas. ;-)

Em relação ao ângulo das pernas, isso não é "problema" seu mas sim da ginasta. A Rute não poderia fazer nada em relação a isso. Só partindo as pernas da miúda. :-)

Alexandrina Areias disse...

Gostei da ideia da foto e da sua conjugação com estas palavras...

Beijinhos,
AA

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Olá Rute, essa foto é uma obra de arte, não só pelo momento pleno de oportunidade, como pela agilidade que nos é visualmente oferecida!
Bjs

Rute disse...

Remus

...tenho que confessar aqui que existia mais margem junto às mãos...mas eis senão quando...reparei que a linha do horizonte estava torta...e isso é que não podia ser...vai daí tive que a endireitar e obrigatoriamente cortar...e foi aí que se foi a margem de que falamos...;)

1 bj

Rute disse...

Alexandrina

Obrigada pela visita e pelas palavras:)

1 beijo

Rute disse...

Rui

Muito obrigada...mas aqui a minha sobrinha é que tem o mérito todo;)

1 beijo

Marina Linhares disse...

Li os comentários anteriores... sabe o que eu acho? Que estando de férias, VALE TUDO!!!!
Fotos boas... fotos tortas... focadas... desfocadas... e etc...
Vale o momento e esse, É ÚNICO!!!
Sem aquele negócio de: vira mais cá... 1, 2, 3 e já! Olha o passarinho!!!
Gostei da foto, exatamente pelo registro the flash.
Esses meninos são muito perfeitinhos...:) :)
Bjs.

sónia silva disse...

é verdade que as questões técnicas são muito importantes para a execução de uma boa foto, mas de nada vale se apenas tiver isso.
Fotos tiram-se com a alma e muito amor, isso sim, é o mais importante de tudo.
Neste blog nota-se bem a importância da familia e é bonito!

um beijinho

Rute disse...

Sónia

Concordo contigo...fotografar não é só, e às vezes nem principalmente, seguir as regras. esta arte dá-nos muito espaço para sermos livres e deambularmos por onde quisermos...é um dos motivos porque gosto tanto dela!

* a minha família é muito grande e muito unida e isso traz-me muitos momentos felizes...;)

1 beijinho

Rute disse...

Marina

Muito obrigada:))

Digo-te o mesmo que disse à Sónia...é só dares lá um saltinho e leres...;)

1 beijinho e obrigada, + uma vez

mfc disse...

... e a liberdade tão bem retratada!