sábado, 29 de agosto de 2015

Agrupamento 900


ACAMPAMENTO DE VERÃO, VÁRZEA DE CALDE (VISEU) - AGOSTO 2015 


Esta é a minha gente: Irmão, filhas, sobrinhos

Com o cair da noite surge uma imensidão anónima de “coisas” que nos envolvem e se prolongam em silêncio, do lado de dentro… E chega aos pouco, a noite. Solene, austera, grave, conspirada de ruídos… e inteira, também.
É o momento da hora certa. O ambiente está agora carregado de mensagens e sinais. Parte do ciclo diário já terminou e há agora que dar graças por mais este dia intenso de verão.
Fogos trémulos acendem-se por todo o campo e a paisagem fica endurecida por causa do escuro da noite.
A vida em campo é assim… É intensa, estimulante, improvável!
Pedro Saraiva

                                                                         

***

Nem fotografias, nem 1º texto são meus, apenas o 2º texto é da minha autoria


Queremos (enquanto C.N.E. ) que os jovens adquiram alguns valores, como o da solidariedade, do espírito de grupo, espírito de sacrifício, consciencialização de que a vida não é fácil para todos e que, como seres humanos, temos o dever de nos ajudarmos uns aos outros, conforme podemos e com os meios a que temos acesso.

Ensinar valores básicos mas tão fundamentais, tendo o privilégio de o fazer tantas vezes em Campo, fora do barulho das cidades e longe das tecnologias que ficam sempre em casa, é ouro sobre azul! E o bom disto tudo é que as pessoas estão realmente só com pessoas, os jovens partilham os seus dias uns com os outros, todos os momentos, os de trabalho, os de descanso, os de brincadeira, as guitarras e canções à volta da fogueira, as refeições, as noites na tenda.
É uma experiência única, uma vez que o ritmo alucinante das nossas vidas no dia-a-dia, das exigências no emprego, das correrias, dos horários a cumprir, do stress...a verdade é que andamos sempre cansados e conseguimos partilhar pouco tempo com os nossos filhos e eles por sua vez, refugiam-se nas redes sociais, nas amizades virtuais, na televisão, telemóveis...e passam horas e horas sentados em frente aos computadores! E nós pais? Cansados, impotentes, sem forças para contrariar...
O Escutismo vai quebrando este ciclo vicioso e vai ajudando os jovens a interiorizar o que é realmente importante, a conviverem mais 'cara a cara'  mesmo fora do ambiente de Campo. 
Garanto-vos, e falo também por experiência própria, que se fazem amigos para toda a vida! Na verdade, o escutismo é (ou passa a ser) um modo de vida.
   
Rute









4 comentários :

ZEKARLOS disse...

Eu concordo em tudo com o que dizes. Sem dúvida que se é para o bem vale sempre a pena. Bjs

Manu disse...

Já fui escuteira e há coisas que aprendi que perduram pela vida fora.
Há princípios que nos acompanham e nos formam de maneira especial.
Excelentes palavras e fotos, recordei os meus acampamentos!

Beijinhos Rute

Remus disse...

AGOSTO 20015?
Mas vocês viajaram ao futuro?
Em 20015 ainda existem acampamentos? Mas que coisa tão primitiva...
:-D

A fotografia da fogueira está o máximo.

Jéfferson B. Cezimbra disse...

Gente linda.
Parabéns. Bela família.
BJos