sábado, 28 de junho de 2014

Twins ?



A música tem um papel importante na minha vida porque mexe com os meus sentidos, com os meu sentimentos com o meu estado de espírito. às vezes choro, outras fico numa espécie de transe, outras inspira-me para escrever.
A música também me puxa para a dança, mas isso é mais quando vou de férias e me posso descalçar na relva e dançar como me apetece...aí faço as minhas maluquices, mas também não me importo, ninguém me conhece...;) e depois há uma parte considerável de mim que não consegue acompanhar a minha idade cronológica!  

13 comentários :

João Menéres disse...

Pelos vistos era em noite quente...

Gostava de te ver dançar descalça na relva.
Nunca tal coisa me passou pela cabeça, imagina...

Interessante a imagem desses dois pares.

Um beijo.

Rute disse...

João

Na verdade, eu gosto mesmo é de andar descalça, seja lá onde for...quando miúda e ia de férias para a praia, passava os dias descalça, ia e vinha da praia sem calçado nenhum, já que a casa era perto da praia e a minha mãe fazia de conta que não via, porque com 4 filhos e uns quantos amigos destes, há que fechar os olhos a muita coisa, senão não há sossego.
quanto a dançar na relva fresca, à noite, descalças, é uma das pequenas coisa que me dá um imenso prazer. Experimente!

1 beijinho e um bom Domingo:)

João Menéres disse...

Descalço também eu gosto de andar !
O pior são as topadas que dou em tudo e, depois, é ouvirem-me a guinchar...
A conduzir na estrada, também tiro os sapatos !

Um beijo.

Rute disse...

João

Já temos mais uma coisa em comum:) Eu tb gosto de conduzir descalça.

ZEKARLOS disse...

Gosto muito destes arrastos destes movimentos, grande momento. Bjs e bom fds

Manu disse...

Muitas coisa temos em comum, não podemos passar sem música, adoro desde miúda andar descalça, seja em que piso for, daí até dizerem que tenho pés de betão, dançar, mesmo sem obedecer a passos pré definidos gosto de me deixar levar e de vez em quando pareço uma maluquinha, daí que goste deste arrasto dançante da tua foto e das tuas confissões.

Beijinhos Rute

Remus disse...

Desculpe lá, mas dançar assim, juntinho, cara com cara, apertadinho, é uma autêntica pouca vergonha. Eu sou da opinião, que dançar deveria implicar respeitar um limite mínimo de contacto. Algo do tipo, 1 metro de distância um do outro. Ou então, dançar todos em roda...
:-D :-D

Excelente sentido de movimento.
Mais uma fotografia bem concretizada.

mfc disse...

A difusibilidade confere movimento à foto!
parabéns e beijos.

Rui - Olhar d'Ouro disse...

Gosto de música... mas não me puxa para a dança!
Bjs

Ana Freire disse...

Estes desfoques estão espectaculares, como sempre, Rute!
Uma foto cheia de movimento e envolvência...
As cores estão sensacionais. Sem música, também não vivo... sobrevivo.
Adorei a foto!!! Beijinhos.
Ana

Rute disse...

ZEKARLOS

Gracias:)

1 beijo

Rute disse...

Manu

:))) Já tinha percebido que temos umas coisas em comum.

1 beijinho

Rute disse...

Remus

ahahhahahah...isso depende da dança, meu amigo, esse metro entre quem dança não me agrada...;)

1 beijinho